sábado, 7 de agosto de 2010

AS MINHAS NARINAS NÃO FUNCIONAM...

Ainda ando por aqui...
Desculpem a interrução de "RESUMO". Tenho andado um pouquito ocupado com os meus poucos afazeres e o calor não me deixa respirar. Por outro lado este é um tempo de férias e de descanso e por isso não tenho que vir com coisas tristes...
Tenho, contudo, seguido os vários amigos e amigas, e tenho-me rido muito com eles. Umas vezes comento, outros passo de mansinho.
Mas ontem foi um dia do caraças... No programa estava a passagem por Coimbra para visitar a Susana, um encontro oficial às 14.30, para assinar uns documentos, e de seguida o "fresco" da praia da claridade.
Já com as "malas" na viatura tivemos que alterar os planos, pois falecera uma nossa vizinha, mas, não foi disso, desta vez. Tinha 88 anos.
Fomos na mesma a Coimbra e cumprimos o que nos tinhamos proposto.
Serve isto tudo para dizer o seguinte: depois do almoço e como ainda faltava algum tempo para o tal encontro, tivemos que nos refugiar na Igreja de Santa Cruz, tal era o calor e o meu grilo estava a fracassar... Não conseguia respirar. Efectuadas as tais assinaturas regressamos à vitura que ficara estacionada junto do rio. O termómetro só marcava 40º... Não fosse o ar condicionado e ele teria ficado lá...
A minha companheira de 40 anos levou calçados uns sapatos, daqueles que têm as solas fininhas... À noite, já no "quintal": olha tenho a planta dos pés queimados...
Vejam lá se isto tudo não é próprio para um cardiaco. Mas tinham que marcar aquele encontro precisamente para a hora de maior calor... mas o interesse era nosso.
.
Olhem isto é só para dizer alguma coisa...
Um abração para todos
O pai Bártolo

3 comentários:

sideny disse...

Olá Sr. Bártolo

Este calor dá conta de qualquer pessoa, mesmo que nâo tenha nenhum problema de saude.

Mas hoje já esta mais fresco e até já pingou uma chuvita.

beijinhos

Xanfrada disse...

Olá Sideny
Sempre atenta. Obrigado.
Efectivamente hoje já está muito melhor, mais ameno e fresquito. Já não tive as faltas de ar dos dias anteriores que foram medonhos...
Beijinhos
O pai Bártolo

BRANCAMAR disse...

Pai Bártolo,

Esse foi um dia difícil mesmo, mas espero que o encontro a que resistiram, tenha resolvido o que esperavam resolver e a visita ao sítio da Susana é algo que penso cumprir muito breve, mal as minhas mudanças acalmem, é que ainda estou na casa amterior, ainda só mudei alguns pertences que julgamos sempre poucos, mas são muitos caixotes e tenho a família de férias e apenas uma pequena ajuda do pai que é muito jeitoso, mas a idade já não ajuda, agora que entrei eu de férias vou ver se termino e mudo já esta semana de vez, falta-me pôr a funcionar as instalações de água quente e ter camas para dormir, que só chegam a meio da semana, pois toda a tralha que tinha deixei para tràs para outros e troquei por uma vida mais simples, mas mais feliz.

Um dia espero que nos encontremos e possamos falar um pouco sobre todos nós e a nossa amizade.

Obrigada.
Branca