domingo, 25 de julho de 2010

HÁ MUITOS ANOS...














Olhem, estava para aqui sem fazer nada e resolvi ir às antiguidades. "In illo tempore", como diria o outro, era eu uma criança, exactamente da idade do miúdo que está atraz das vacas, no "trilho", ainda se "trilhava" o trigo no Nordeste Transmontano das duas maneiras. Uma com os animais e outra com debulhadoras. Agora para aquelas bandas já nada se cultiva. Pagaram para o não fazerem. Deve dar mais lucro a alguém importá-lo... Aquela máquina e mais duas eram propriedade de meu pai.
O "tecnico" que esta "escarranchado" em cima da máquina e a senhora, também em cima, virados para a foto, são meus irmãos.
Tudo se foi...
Deixo-vos aqui estas antiguidades, com alguma saudade...
Isto foi só para descontrair um pouco.
Um abraço
O pai Bártolo

4 comentários:

manuela baptista disse...

Pai Bártolo

podem ser antiguidades

mas fazem parte da nossa história,
pessoal e colectiva!

mesmo com saudades...

um abraço

Manuela

jorge henriques disse...

Caro amigo Bártolo

São imagens que marcaram uma época,um mundo rural de muito trabalho e muito suor à mistura que não voltará a existir .
Ainda me recordo numa aldeia da Beira Litoral perto de Arganil onde costumava passar as férias de Verão ver passar as juntas de bois carregando o milho uvas e quantas mais cosas. Tambem várias vezes participei na debulha do milho,outros tempos....
abraço

Anónimo disse...

Olá a ambos:
Efectivamente as antiguidades têm cerca de 50 anos, mas era assim que trabalhava. Agora não é preciso: importa-se...
Lembram-se da Raquelita? a amiga do peito da Susana. Está quase a chegar. Vem almoçar connosco. Quiz-nos dar esse miminho. Depois digo-vos como está.
Beijinhos e abraços
O pai Bártolo

BRANCAMAR disse...

Pai Bártolo,

Gostei de ver estas fotografias, também de boa recordação para mim, pois em miúda, com 5 anitos, também andava por aqui nas vindimas e em cima dos carros de bois.
Os anos passam depressa, era uma vida muito saudável e de comunhão com a natureza, embora esforçada.

Adorei saber que a Raquelita está bem e que vos deu miminhos.