quarta-feira, 30 de junho de 2010

VOLTAMOS






























Depois de quase uma semana, voltamos. Ausentamo-nos para a zona oeste de que gostamos muito, para desanuviar... Tivemos pouca sorte. Esteve quase todo o tempo nublado e com morrinha. Mesmo assim demos alguns passeios e visitamos vários sítios interessantes.

Na manhã do dia 26, de luzes e limpa pára-brisas ligados, fomos até Óbidos. Demos umas voltas, experimentamos a ginja em chávena de chocolate e de repente o sol abriu. Um calor abafado. O grilo metálico começou a ressentir-se. Mesmo assim, subi à torre mais alta da muralha para fazer esta foto para vocês. Já depois encontrei esta flor, cujo nome ignoro, na fachada de uma igreja. Deixo-a para todos. Depois disso tivemos que regressar, antes do projectado, mas para prevenir qualquer ataque daquele grilo.

De resto, apesar do imprevisto do tempo, tudo correu bem. Regressamos ontem, dos 18 graus “morrinhosos” aos 35 do nosso cantinho…

Um GRANDE ABRAÇO PARA TODOS.

O pai Bártolo


































5 comentários:

sideny disse...

Olá Sr Bártolo

Gosto imenso de Obidos.

Conheço bem pois passei muitas férias por esses lados.

Quando o meu filho era miudo era para lá que iamos, e no meu tempo de miuda a foz do arelho tinha baloiços:))

Realmente o tempo lá é bastante incerto de manhâ e as noites frias.
Ainda bem que o vosso passeio foi agradavel,sabe sempre bem ir dar uma voltinha.

Gostei bastante da flor ,mas também nâo sei o nome dela.
Obrigada.
beijinhos para si e sua esposa.

Anónimo disse...

Muio obrigado por nos acompanhar.
A foz do Arelho ainda hoje tem baloiços...
O que nós reparámos foi que, apesar do tempo, havia muitas crianças, talvez de creches ou jardins de infância que enchiam a praia. Era maravilhoso vê-las nas suas brincadeiras.
Achamos também muita piada ver que as instalações do Inatel,onde ficamos, estavam igualmente cheias de crianças com os seus avós, alguns já idosos, mas aguentavam-se...
Beijinhos de nós dois
O pai Bártlo

manuela baptista disse...

Pai Bártolo

também eu me lembro dos baloiços da Foz do Arelho!

e estavam perdidos na minha memória...

que bom terem gostado do passeio!

um abraço

Manuela

Anónimo disse...

Obrigado Manuela por estar sempre atenta. Apesar do tempo não ter ajudado e de uma ameaça, pequena, do grilo, correu tudo bem e claro que gostamos.
Beijinhos
O pai Bártolo

BRANCAMAR disse...

Olá Pai Bártolo,

Obrigada por tudo que nos dá, julgava-os ainda por longe como lhe expliuei, apesar do tempo o importante é que tenham mudado de ares e descansado. Já não vou a Óbidos desde que a minha filha tinha 4 anos e por acaso é um destino que já me passou pela cabeça para este ano.
Veremos, está-me a apetecer um pouco andar sem destino, por aí, fazer umas férias cheias de imprevistos e talvez de surpresas.

Levo comigo a flôr que nos trouxe.
Fico muito contente que tenham regressado bem.
Beijinhos
Branca