terça-feira, 8 de setembro de 2009

Voltas trocadas




Olá caros amigos do Blogue disparatado

Ando por aqui. Pois é. Pouca actividade na mesma, mas estou em casa.
Então é assim. Ontem lá fui. As amigas auxiliares e secretárias andaram a tentar arranjar uma cama “with a view” (piada do meu Médico Rezingas). Entretanto ele subia e descia as escadas, dado que eu optei ficar no patamar, que tem cadeiras mais fixes para a minha coluna e não cheira a refeitório (é a sala de espera habitual para quem vai para internamento). Claro que tinha falado com os enfermeiros e perguntei se podia ficar junto aos elevadores e escadas. Isto arrastou-se, mas é normal acontecer, pois entre a alta e o aparecer o transporte passam horas muitas vezes, e enquanto não há transporte o doente não sai da sua cama, nem se tiram cateteres nem nada que possa ser preciso.
Esperei, com meus pais claro, que estão fresquíssimos para estas andanças, fomos almoçar ao bar. Não comi sopa, não comi a minha frutinha, nada disso, baguete que atum com uma folha de alface para decoração.
Voltámos para o local de espera, sempre dizendo “estou aqui”. Entretanto, víamos o médico correr escadas acima, escadas abaixo, até que a dada altura o vi aparecer pelo elevador (o que é raríssimo) com um senhor que eu penso que pertence á farmácia).
Pois, mudou o turno, e vêm chamar-me para ir ocupar a bendita cama, e eu pergunto: “Mas vou iniciar o tratamento ainda hoje, a esta hora?”
Ninguém sabia. Disse então: “É que se não for para iniciar tratamento vou dormir a casa, pelo menos tenho ajuda no banho e nas outras coisas que preciso”. Pois, a minha ficha de internamento tem de ser alterada. Agora não sou autónoma para banho nem para me vestir e calçar. E eles conhecem-me há dois anos e eu não era assim. Entretanto alguém inteligente liga ao médico e diz-lhe o que se passa. O médico, o meu Doutor Rezingas, por acaso é quase meu vizinho, percebeu o meu raciocínio e deu aval para eu me pirar dali.
E fiz muito bem.
Afinal a correria dele tinha a ver com o facto de ainda não haver o meu tratamento disponível na farmácia. O conselho de farmácia só reúne uma vez por semana! Ainda não tinham aprovado o meu. Ligou-me hoje de manhã, estava eu a acabar o duche, a dizer-me isso. Espera que o aprovem esta semana, e que ainda consigamos falar esta sexta-feira, acerca dos detalhes possíveis de prever e tal. Por isso, até quinta-feira estou mais perto, apesar de estar preguiçosa.
Se tivesse ficado lá a dormir era mais um esforço com as refeições e uma estadia em cama de hospital para nada. Só tinha mesmo dormido lá.

Vou congelar todas as flores e miminhos que vocês me enviaram e depois descongelo para os levar fresquinhos na minha maleta, sim?
Tenham cuidado com a vossa saúde mental. Andam a ler blogues como este e podem ficar “passaditos da cabeça”. Depois não digam que eu não avisei!





Beijinhos e abraços a gosto.





*****

15 comentários:

sideny disse...

Olá

Bem vinda ao doce lar:)

É da maneira que carrega mais baterias esta semana.

Quanto ao miminhos congelados depois arranja-se mais outros:))

beijinhos

Brancamar disse...

Pois é ,minha linda, li agora as notícias e como estou no trabalho a fazer um serviço urgente volto logo para falarmos a sério, porque realmente essa tua "mania" de andar sempre de férias em hoteis de "luxo" é de pôr a cabeça de qualquer um à roda.:))
As nossas flores e miminhos, como diz a Sideny estão sempre fresquinhos, são colhidos na hora.:))
Mil beijinhos
Tia Branca

. Paulo . Intemporal . disse...

. estou estupefacto !!! .

. de facto nem sei o que dizer .

. no hospital onde sou seguido desde Fevereiro de 2007 nunca tive quaisquer razões de queixa, não obstante as esperas, por vezes de horas, para as consultas de rotina, às quais já me habituei .

. mensal.mente recorro à farmácia do hospital para recolher os medicamentos para mais um mês, medicamentos estes de elevad.íssimo custo para o hospital/contribuinte .

. até hoje nem por uma vez sequer se verificou uma única falha na disponibilização dos mesmos .

. tal situação provocaria um falência terapêutica e risco de vida associado .

. apenas uma vez me perguntaram se eu não me importaria de trazer meia caixa de um dos 3 medicamentos que faço por dia por forma a que o hospital não ficasse sem stock, que seria reposto no dia seguinte e nesse mesmo dia ainda poderia dar-se o caso de aparecer outro doente a precisar do mesmo medicamento, facto ao qual acedi pronta.mente .

. sempre fui tratado com lealdade e respeito e até com imenso carinho por parte de todos .

. desde então mudou imenso o meu conceito do sistema de saúde português e até da governação do país em que vivemos .

. a ser que seja é o que se pretende, que faças o teu tratamento logo que os medicamentos estejam aprovados/disponibilizados .

. e que voltes para sempre para junto de nós, pois junto de nós estás perto de TI .

. e junto de TI, nós seremos sempre nós .

. torço dedos e faço figas para que assim seja .

. estou aqui, a um ritmo diário, basta um click e estou pronto a ajudar .

. beijos mil .

. de coração para coração .

Brancamar disse...

Olá Susanita,

Eu, outra vez! Já cheguei. Bem vistas as coisas, que bem que estás em casa a recuperar forças e eu ontem a pensar-te sossegadita à noite e estavas era cansadita de tantas andanças.
Quanto aos procedimentos hospitalares nem vou comentar, o Paulo já disse tudo, mas os técnicos nem sempre têm a culpa, é a estúpida carga de burocracias que se instala em alguns hospitais e em alguns serviços. Essa das reuniões semanais também conheço por aqui e é sempre complicado para o doente, mas é muitas vezes o problema de doentes que requerem equipas multidisciplinares e especializadas.
Isso é só para gente importante como tu, minha querida.
Pois por cá estaremos, mas já agora, ficamos dispensados do trabalho de casa, está bem? Fica adiado, como tudo o resto, :))

Mil beijinhos.
Tia Branca

Brancamar disse...

Voltei minha querida, só para te dizer que se não te importas vou guardar a tua flôrzinha no "cofrezinho" (slides) de ofertas que tenho ao fundo do lado direito,com o nome dos amiguinhos, ainda me falta pôr lá algumas, vou aproveitar o serão para arrumar a casa. Cá em cima continuo a gostar de ver o teu bosquezinho das fadas para clicar e apareceres logo como por magia, hihi.
A Filomena também deve gostar que ela tem um cantinho de magia que se chama "Um mundo de fantasia" muito lindo e com muitas fadinhas.
Mais beijos para ti.

sideny disse...

Ola

Vou-te contar o que me aconteceu quando entrei para o hospital para ser operada ao plumâo.

Enteri numa quarta para ser operada na quinta de manhâ, e entâo dei a miha mâe a roupa toda para ela trazer pois nâo me fazia falta lá.
Nâo fui operada no dia seguinte e depois meteu-se uma greve geral, e o médico disse-me se quiser pode ir para casa e vem domingo.
Claro que até gostava de ter vindo mas como nâo havia transportes e eu nem tenho carro tive de lá ficar
no hotel.

Na segnda o médico garanti.me que era a primeira a ser operada, e depois voltou-me a dizer que havia uma urguencia e passava a ser a 2 a ser operada.
Va-lá lá fui a segunda e tive 5 dias lá no hotel.
Porque se aproximava o natal.
é assim os hoteis:)
beijinhos

sideny disse...

Desculpa os erros.

Tenho de ir para a escola:))

Nem olho para as teclas e depois sai burrada.

Xanfrada disse...

Querida Sideny, deixa lá os erros, não ligues a isso que eu também não, e faço o mesmo. ponho-me a olhar para o monitor e sai burrada, hi hi.
O problema foi mesmo burocracia, que o meu médico odeia. É bem capaz de não ter posto um "X" qualquer nalgum sítio e chegou para embirrarem com ele, que bem o vi a correr. Acabou por me ligar mais tarde e estamos á espera desta quinta-feira.

Beijinhos linda.

. Paulo . Intemporal . disse...

. venho deixar um miminho, que traduzo num xi-coração bem apertadinho .

. :)))

. desculpa .

. mas desejo.TE tudo de bom, vais vencer, acredita .

. !!! .

. sempre .

. paulo .

sideny disse...

Olá

Desejo toda a força e aquela garra

enorme, tudo vai correr bem .

Já me esquecia de dizer, andei a desviar umas flores do sitio do Paulucho para a Susana levar, é que ele têm um bom gosto terrivel:))

beijinhos e tudo de bom.

Ps: aquele boneco lá de cima eram uns belos desenhos animados.
incrivel esqueci-me do nome dos desenhos:(

Brancamar disse...

Olá Susana, querida,

Venho atràs dos meus amiguinhos e trago mais uma carga de miminhos. A tua florinha estive ao princípio da noite a pô-la lá no meu cofrezinho de afectos. Sou muito lenta, tem que ser uma coisa de cada vez.
Também te queria trazer uma molhada delas, mas não sei pô-las aqui na caixa de comentários, nem sei se é possível, mas há outros meios não é (?) e o Paulo sabe disso, porque como diz a Sideny, ele tem cada flôr e em quantidades inimagináveis... e fica feliz se a Sideny as "roubar" todas para ti. :))
Fica bem, querida.
Tem uma boa noite.
Aquele beijinho da Tia Branca

Brancamar disse...

:)))

Muitos beijinhos.

Filomena disse...

Olá Susanita!

Obrigada pela flor e leva todos os nossos miminhos pois são dados do coração!

Gostei da última parte"passaditos da cabeça".
Não te aflijas que passadíssima da dita já eu sou há muito.

Toma um beijo, um abraço e um xi_coração


Filomena

A palavra passe para deixar o meu coment no teu blog, hojé é "plazolln"...parece o nome de um medicamento para malucos.

Mesmo a calhar para mim!

Beijíssimos

Brancamar disse...

Hihihi, Filomena,

Ando atràs de si e tenho-me desencontrado, apanhei-a agora aqui.
São as saudades, suas e da nossa Susanita.

Beijos para as duas.
Branca

Brancamar disse...

Olá Susana,

Beijo da tia, hihi.

:)))

Bom fim de semana.