sábado, 18 de julho de 2009

Atacada pelo sono muito forte...


estou terrível e dou duplos cliques em todo o lado.

Teimo em não dormir a sesta e depois é isto, quase não me aguento de olhos abertos com os opiáceos da consulta da dor.

Desculpem a brevidade. Ontem tive consulta, tudo se arrastou, estive imenso tempo á espera, sentada, até porque para caminhar preciso de bengala. Resultado: ficou a doer mais aquela parte das pernas que funciona pouco.


Bem, o tratamento que vou fazer é tão recente, que a Doutora não quis iniciar no fim de semana. Há redução de pessoal, e este requer uma vigilância mais apertada. Não que aconteça efectivamente algo, mas como não sou doente dela ( o meu Doutor Rezingas está de férias e deixou-me entregue a ela para não atrasar mais) a Doutora prefere que eu vá só na segunda feira.

Este é um produto derivado de um micro-organismo marinho sintetizado em laboratório. A 1º vez que li algo acerca disto foi em 2007, na altura em que o produto esperava autorização de comercialização após cerca de 20 anos de estudos. Na altura não sonhava eu que iria fazer quimio, isto é, na altura a hipótese parecia afastada. Bem, entretanto foi autorizado, mas mesmo assim, para me ser administrado carece de autorização de 2 sítios (do conselho de administração e do infarmed).

Agora a parte assustadora: vou ser a 4ª ou 5ª pessoa a receber este tratamento no IPO. O grupo de estudos também foi mais pequenino, dada a raridade deste tipo de tumor.

Porque é que me querem assim tão guardadinha? Porque este tratamento pode ter muitos efeitos a nível sanguíneo, de coisas com nomes intermináveis.


Basicamente, tenho de me aguentar bem aqui com os meus valores para receber o tratamento. Pelo que li, não curou ninguém ainda,mas ajudou. Sei o que tenho lido ao longo destes dois anos, e sei quais são as minhas hipóteses estatísticas. Não vou dizer o nome do tratamento, dado que o meu Doutor Rezingas está a começar o processo, vou fazer como se estivesse em segredo de justiça. Já fiz dois protocolos, este será o terceiro.


Parece que vou ter de fazer disto estilo de vida.

Segunda lá vou, ver como corre. Um dos maus efeitos é perder apetite e enjoar. Estes são dois simpáticos, considerando que tenho cerca de 10 kgs a mais. Dava jeito perder alguns.

Dava jeito não ter os outros.


Grande beijinho a quem estava á espera de notícias. Deixo também um texto marado para vos moer o juízo.
*****

1 comentário:

Brancamar disse...

Notícias pormenorizadas e como sabemos vai correr bem, para uma pioneira como tu é mais uma vitória no curriculum.
Beijinho enorme e cá te espero.
Tia Branca